GFTeam promete ‘força máxima’ no GP Rio da FJJD-Rio: ‘Temos qualidade para formar várias equipes vencedoras’

postado em: Notícias | 0

GFTeam promete ‘força máxima’ no GP Rio da FJJD-Rio: ‘Temos qualidade para formar várias equipes vencedoras’Serginhp promete ‘força máxima’ da GFTeam no torneio da FJJD-Rio (Foto: Flash Sport)

 

Nos fins de semana 19/20 e 26/27 de setembro, na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, será realizado o GP Rio (adulto e master), Queen of Rio (exclusivo para mulheres) e o Troféu Rio Novatos – apenas para faixa-branca. Entre os times que vão fazer parte desta retomada do Circuito Rio Mineirinho durante a pandemia do novo coronavírus está a GFTeam. A escola, que tem tradição em eventos por equipes, promete “força máxima” em todas as categorias, como contou o professor Sérgio Henrique, o Serginho.

Mais detalhes sobre o GP Rio, AQUI

“A GFTeam entrará forte neste evento por equipes, com força máxima e com times em todas as disputas. Temos um quadro de professores de excelência. Nosso time de master é muito forte, temos qualidade para formar várias equipes vencedoras”, destacou Serginho, que apontou sobre o período sem competição e a vontade dos atletas em retornar aos tatames após cerca de seis meses sem qualquer competição.

“As competições movimentam o mundo do Jiu-JItsu, temos uma cultura competitiva muito grande. Estamos com saudades dos eventos, e muitas famílias precisam dos eventos funcionando, pois geram empregos. Neste momento, se faz necessário essa cautela, porque ainda não erradicou a Covid-19”, concluiu.

Os eventos vão promover disputa entre os times nas categorias leves e pesados em todas as faixas. Rogério Gavazza, presidente da FJJD-Rio, comentou sobre o evento e mostrou empolgação com as disputas: “Esse GP Rio que estamos lançando tem tudo para se tornar o Estadual de Equipes, formato de competição que todos os atletas e professores gostam muito. É uma disputa que envolve diversas equipes – matriz e filiais – com uma grande projeção para todos os envolvidos. Gera um clima de rivalidade sadia”, disse Gavazza.

Deixe uma resposta